Deus é Justo – Aqui se Faz Aqui se Paga

Deus é justo, então todas as injustiças que vem deste mundo não escaparão da justiça de Deus e você colherá os frutos de vitórias

deus e justo - Deus é Justo - Aqui se Faz Aqui se Paga
Deus é Justo – Aqui se Faz Aqui se Paga

Não importa quanto tempo demore para que colhemos os frutos que plantamos, pois cedo ou mais tarde iremos colher cada semente plantada, seja ela boa ou ruim. Se você passa por injustiças hoje, com certeza você irá ver os que fizeram injustiças com você colherem suas sementes más e você será exaltado para honra e glória do nome de Jesus.

Veja abaixo o nosso vídeo da semana que fala sobre “Deus é Justo” 

 

Versículos sobre “Deus é Justo”

Ele é a Rocha, as suas obras são perfeitas, e todos os seus caminhos são justos. É Deus fiel, que não comete erros; justo e reto ele é. – Deuteronômio 32-4
 
Deus é um juiz justo, um Deus que manifesta cada dia o seu furor. – Salmos 7:11
 
Senhor, meu Deus, tu és justo; faze-me justiça para que eles não se alegrem à minha custa. – Salmos 35:24
Esses versículos nos provam que Deus é justo em nossa vida, que ninguém escapa da justiça de Deus, então devemos procurar fazer o correto em nossa vida e crer que no momento certo Deus fará justiça.
Toda pessoa, quando se encontra em uma situação de injustiça, já deve ter pensado consigo mesma ou até mesmo falado em voz alta “aqui se faz, aqui se paga”. Afinal de contas, fomos instruídos desde pequenos que devemos fazer o bem para recebê-lo de volta. E, com isso, as pessoas que fazem com que seus atos sejam instrumentos do mal e de injustiça, logo pagarão por isso.

No entanto, quando paramos para analisar os textos da bíblia, logo nos damos conta de que não é exatamente dessa forma que funciona. Um bom exemplo disso é a forma como nós, meros pecadores redimidos através do sacrifício de Jesus na cruz, fomos perdoados pelo Pai. Será que éramos realmente dignos de tal redenção?

E não para por aí, basta que lancemos um olhar um pouco mais crítico às histórias que constam na bíblia, como a de Jacó, por exemplo. Ele foi escolhido em detrimento de vários outros que mostravam obediência exemplar, como Esaú. E, ao passo que Davi, um homicida, é considerado como um “homem segundo o coração de Deus”, os fariseus, o povo que era tido como o mais religioso e zeloso da época, foram duramente repreendidos por Jesus.

Ou seja, a bíblia é a prova viva de que nossos ideais de justiça estão cegamente subvertidos. Até mesmo pelo fato de acreditarmos que pessoas como Jacó, por exemplo, não serem dignos da graça divina do perdão e da redenção.

E isso nos leva a pensar se, realmente, o que é feito aqui também é pago aqui. E mais uma vez Deus nos leva a uma perfeita reflexão sobre aquilo que nos ensinou através da vinda de seu filho à terra. “Chegou a hora de … recompensares os teus servos … e destruíres os que destroem a terra”. Apocalipse 11:18. Essa foi a sentença deixada por Deus a cada homem que habitasse a terra.

Ao mesmo tempo em que entendemos que os critérios para o “pagamento” pelos pecados são definidos apenas por Deus, e que nós, enquanto meros seres humanos que vivem e aprendem todos os dias na terra, não temos que interferir nisso, também suscita em nós a missão de recompensar aqueles que são servos e destruir os que destroem a terra, cumprindo assim a sentença deixada por Deus a nós.

Deus é justo

Todos esses questionamentos servem para que passemos a questionar a nós mesmos sobre nossas ações enquanto somos revestidos de carne aqui na terra. Muitas vezes nos pegamos preocupados com as ações de nossos vizinhos, nos questionando se eles realmente pagarão por aquilo que estão fazendo, ao passo que deixamos de vigiar aquilo que sai de nossas bocas e brota em nossos corações.

“Vão aprender o que significa isto: ‘Desejo misericórdia, não sacrifícios’. Pois eu não vim chamar justos, mas pecadores”. Mateus 9:13

Essa passagem da Bíblia nos faz pensar sobre o que realmente seria a justiça divina. Afinal de contas, estamos tão acostumados com a forma de fazer justiça dos homens, que acabamos nos esquecendo que a justiça de Deus é a que realmente conta para todos nós.

Dessa forma, a justiça praticada por Deus diz muito mais respeito a chamar para perto d’Ele não aqueles que se dizem justos (como os que praticam “justiça” por aqui), mas sim aqueles que se consideram pecadores “Porque não são os que ouvem a Lei que são justos aos olhos de Deus; mas os que obedecem à Lei, estes serão declarados justos.” Romanos 2:13

As consequências do pecado

Muitas pessoas, na intenção de se sentirem mais próximas de Deus, acabam recorrendo aos sacrifícios, o que é bastante comum nos dias de hoje. Mas, como podemos notar da passagem do livro de Matheus citado acima, o que Deus quer de nós são atos de misericórdia, não de sacrifício.

Deus conhece nossa essência, afinal de contas, foi Ele que nos fez à sua imagem e semelhança. Ele, melhor do que ninguém, sabe que “Todavia, não há um só justo na terra, ninguém que pratique o bem e nunca peque.” Eclesiastes 7:20

Nós fomos enviados a esse mundo justamente para errarmos e aprendermos com nossos erros, não para tentar justifica-los ou mascará-los através de sacrifícios que não agradam ao nosso Pai. Deus espera de nós que demonstremos arrependimento pelos pecados que cometemos, pois é só dessa forma que chegaremos a ser bem-vindos no reino dos céus.

Muitas vezes temos a sensação de injustiça quando alguém que muito nos fez mal parte dessa terra sem aparentemente ter pagado por todo o mal e sofrimento que causou às pessoas enquanto esteve por aqui. No entanto, deixamos de nos atentar para o fato de que cabe somente ao nosso Pai criador decidir a respeito da redenção de quem quer que seja.

“Desvie-se do mal e faça o bem; e você terá sempre onde morar. Pois o Senhor ama quem pratica a justiça, e não abandonará os seus fiéis. Para sempre serão protegidos, mas a descendência dos ímpios será eliminada; os justos herdarão a terra e nela habitarão para sempre. A boca do justo profere sabedoria, e a sua língua fala conforme a justiça. Ele traz no coração a lei do seu Deus; nunca pisará em falso.” Salmos 37:27-31

Assim sendo, a famosa frase que diz que tudo aquilo que se faz aqui também se paga aqui, deve ser levada em consideração por nós, seguidores dos mandamentos de Deus, nosso pai, e Jesus Cristo, nosso irmão, apenas no que diz respeito às colheitas que faremos enquanto estivermos aqui na terra.

“Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia para a sua própria carne da carne colherá corrupção; mas o que semeia para o Espírito do Espírito colherá vida eterna” (Galátas 6:7-8)

Dessa forma, “pagar por aquilo que fazemos” diz muito mais respeito a colher os frutos de nossa semeadura. Afinal de contas, a redenção de nossos pecados cabe somente a Deus, nosso pai, criador dos céus e da terra e de tudo que aqui existe.

Ajude-nos nesta evangelização, APENAS, compartilhando essa mensagem com os seus amigos

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO

Jesus Te Ama Muito
banner 1 300x250 - Deus é Justo - Aqui se Faz Aqui se Paga
Sou Missionário Fael Mendes e administro essa obra de evangelização Conhecimentos do Pai. Toda essa obra foi uma promessa de Deus e que vem chegando aos corações de milhares de pessoas tudo pela graça e misericórdia de Deus

3 Comentários:

  • Realmente Deus é a própria justiça, sendo ele a própria justiça,se faz necessário que andemos segundo a vossa justiça, para não venhamos a perecer naquele grande, quando todos teremos de prestar contas do que fazemos ou deixamos de fazer nessa terra com a justiça de Deus.

  • Com certeza Raimundo, é tempo de arrepender-se dos erros

  • Eu nunca vi ninguém que fez mal ao próximo pagando pelo que fez, pelo contrário, já vi gente que não vale nada se dando muito bem na vida.

Deixe seu comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.