O Senhor é Meu Pastor e Nada Me Faltará – Salmos 23

O SENHOR é meu pastor e nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas. Salmos 23:1-2

O Senhor é o nosso Pastor e Nada Nos Faltará

O Senhor é Meu Pastor e Nada Me Faltará

banner 1 300x250 - O Senhor é Meu Pastor e Nada Me Faltará - Salmos 23

O2 versículo 2 do Salmos 23 “O Senhor é meu pastor e nada me faltará…” é um dos mais conhecidos da bíblia e demostra uma linda atitude de fé do Rei David e que hoje é como um eco infindável onde bilhões de pessoas repetem esse tão belo Salmos.

Salmos 23

O SENHOR é meu pastor e nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do Seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias. – Salmos 23:1-6

Essa era a fé do Rei David, ele não preocupava-se com o que viria amanhã, nem com os problemas atuais, simplesmente ele confiava e descansava, como se sua vida fosse um lindo campo com águas tranquilas e pastos verdejantes.

Ele declara com muita fé e tranquilidade “O Senhor é meu pastor”

É isso que devemos também procurar ter a mesma fé que o Rei David teve, confiando mesmo diante dos problemas, saiba querido leitor(a) que mesmo com todas as dificuldades de sua vida, você deve confiar no Senhor Deus, pois Ele vai te ajudar e te guiar para o melhor caminho, um caminho de vitórias.

Somos ovelhas do Deus Pai e devemos ter fé em Deus.

O Senhor é meu pastor – Então somos ovelhas do Pai e devemos seguir sempre Seu caminho

Seguir sempre o caminho do Senhor para que possamos colher sempre o que o nosso Deus (Pastor) venha nos dá, através de Sua tão grande misericórdia.

Separamos um lindo vídeo que exemplifica esse tão belo versículo: O Senhor é meu pastor e nada me faltará.

 Veja abaixo

Como dito no princípio, este é, sem dúvida, um dos salmos mais conhecidos da Bíblia. É interessante notar a seu respeito que o entendimento de Deus como pastor de um rebanho não é simples coincidência. O próprio salmista David foi pastor de ovelhas. A parábola tão próxima de sua realidade mostra também o quão justaposto ao seu cotidiano estava o criador. Esta é uma das razões para que ainda hoje o cristão sinta e entenda com clareza a promessa ali contida. Ao dizer “O senhor é meu pastor nada me faltará” David dá testemunho de sua fé no Pai.

Esse é possivelmente o trecho bíblico onde se expressa mais nítida e contundentemente a confiança que o homem deposita em Deus. Percebemos que a segurança que oferece o Senhor está para além de qualquer temor que o mundo possa conjugar. O pastor, que é Cristo, oferece sua mão para apascentar todos os filhos que compõem o seu rebanho de fiéis. É por isso que nos afirmam as escrituras em outro ponto que todos os que nele creem serão salvos. Apesar disso, é importante entender que a promessa do salmo não significa que o cristão não encontrará problemas na vida. É o próprio texto sagrado que nos oferece a chave para esta interpretação.

O senhor é meu pastor nada me faltará: enfrentando as atribulações

Quando David escreveu o Salmo, ele contava que o fiel passaria por lutas e inúmeras provas. Por isso, ao dizer que “nada me faltará”, ele se refere ao amparo do senhor diante da atribulação. Significa que nada essencial, nem mesmo a paz de espírito, nos abandonará na necessidade. Justamente porque Deus há de prover por nós.

Os pastos verdejantes, por outro lado, são o sentimento de tranquilidade e satisfação que o Pai nos traz. Mesmo que o mundo esteja caótico e repleto de tentações vãs, o Senhor nos oferece o suficiente para nos contentarmos. É longe da cobiça profana e da desordem dos homens que podemos repousar. Não devemos nos esquecer jamais de que o mundo nunca oferece satisfação verdadeira ao nosso espírito.

Retidão e força para atravessar os vales do tormento

Se em Jesus temos contentamento, de igual forma ele nos orienta no caminho certo. É por isso que o salmo diz que o pastor “guia-me mansamente a águas tranquilas”. Se a vara e o cajado nos consolam, é porque temos a palavra de Deus e a bíblia sagrada. Tudo isto é reforçado quando digo que o Senhor “Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome”. Deste modo aquele que tem fé segue no caminho da retidão e tem paz no seu interior.

Nem mesmo diante do que o mundo oferecer de pior o cristão irá fraquejar, pois “ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum”. Trata-se de uma passagem de grande força, onde se reafirma a condição vivida pelo homem de fé. Nem mesmo diante da morte há temor, afinal, Cristo pôde vencê-la. Diante deste fato, não há problema em que o Pai não possa nos oferecer a sua imensa proteção. É o que resume o versículo “o Senhor é o meu pastor e nada me faltará”.

É preciso obediência para que não falte a presença de Deus

É claro que para o pastor nos guiar com todo o seu amor é preciso que sejamos obedientes. Devemos reconhecer a voz do nosso condutor, que é Jesus, e seguir os seus ensinamentos. É importante que não nos deixemos nunca desgarrar. Devemos lembrar que é a amizade do Bom Pastor, como Cristo se denominou, que nos livrará dos piores males.

Se cumprirmos nossa parte para com o Senhor e nos mantivermos fiéis, nunca nos faltará a presença divina. Assim poderemos nos alegrar, como David, pela simples existência de Deus ao nosso lado. Este que nos dá força e alívio diante de todo o mal. É ele que ouve nossas angústias, que supre nossas maiores necessidades. Não haverá momento de tristeza em que o consolo do Pai não chegará ao teu coração aflito. Tenha isso em mente sempre que você ler ou recitar o salmo que diz “O senhor é meu pastor nada me faltará”. É aí que está a promessa de benevolência e cuidado do Pai, assim como a fé que depositamos nele.

Com obediência e confiando em Deus podemos ser como David. Não deixando que os problemas ao nosso redor nos distanciem da palavra de Jesus. Evitemos, então, ser como as ovelhas perdidas, que pecando afastam-se do Bom Pastor. Mesmo que ele sempre venha ao nosso encontro e busque nos salvar. Afinal, Deus não quer os seus filhos desviados, por isso está sempre nos recebendo de braços abertos. Medite sobre o que foi dito neste texto. E lembre-se: se obedeço e creio em Jesus, não estou mais perdido, já que olhando para ele respondo “tu estás comigo” Salmos 23.4.

banner 1 300x250 - O Senhor é Meu Pastor e Nada Me Faltará - Salmos 23
 

Missionário Fael Mendes

Sou Missionário Fael Mendes e administro essa obra de evangelização Conhecimentos do Pai. Toda essa obra foi uma promessa de Deus e que vem chegando aos corações de milhares de pessoas tudo pela graça e misericórdia de Deus

1 Resultado

  1. joas disse:

    Só corrigindo! O Senhor é o meu pastor; nada me faltará.

     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.